Comportamento

Escolha

13:55

Por que toda mulher tem a maldita ideia de que pode encontrar o amor em qualquer lugar, ou que o amor pode fazer uma pessoa mudar? Essa ideia é até bonita para filmes, novelas, séries e contos de fadas, mas para a vida real ela é absurda, é a mesma coisa que perguntar qual tipo de homem a mulher quer pra vida dela e escutar como resposta: “qualquer um que me ame do jeito que eu sou”, pelo amor de Deus, príncipe encantado, rico, lindo, cheiroso e que não tenha nenhum defeito, NÃO EXISTE, vamos deixar essa ideia para crianças que assistem filmes da Disney e acham que a coisa mais picante em um casamento é um beijo na boca. A partir de agora vamos ser realistas e saber escolher, mesmo que seja só pra sexo casual, vamos ser seletivas no que queremos.
Para começar vamos pensar numa concessionária de carro, mas não a que vende qualquer carro, uma que só vende Ferrari. Não sei se hoje em dia ainda é assim, mas há pouco tempo, a Ferrari selecionava os clientes que iriam ter o produto dela, e para isso era necessário que tivesse além de dinheiro para comprar, tinha que ter status, passava por um processo seletivo igual para conseguir um emprego, eram bem rigorosos. Então vamos ser assim, rigorosas para qualquer homem que queira ter, desde sexo até um relacionamento sério.
Desde o primeiro post eu sempre falei que eu não defendia “vamos morrer solteiras”, mas para ser independente; ter opinião formada em relação ao que gosta e do que odeia; ter mente aberta para as coisas; não seguir tudo o que a sociedade fala e espera de você; não precisa ter sempre alguém na tua vida para ser feliz, pode ser realizada sozinha; sempre se amar e se colocar em primeiro lugar, e isso tudo é indispensável para ter estrutura e ter alguém.
De inicio, faça uma lista do que você quer, e do que não quer num homem, dos valores, coisas que tenham em comum, e lembre-se do que sempre falo:  “você não pode mudar ninguém se ele não quiser ser mudado e nunca se rebaixe, mesmo que seja um príncipe de verdade e banhado a ouro”, mas vamos ser realistas. Sei que muitas vão falar: “ai credo, que coisa mais infantil, uma lista”, pode pensar o que for, mas essa lista vai te mostrar a direção certa do que está procurando numa pessoa. 
O problema é que no assunto amor/relacionamento não podemos escolher o que queremos, mas temos que contar com a sorte, e tem que aceitar o que aparecer. Essas pessoas estão completamente erradas, porque podemos escolher o que queremos e o que não queremos, aprender a ter voz ativa e falar não quando discordarmos de alguma coisa. Temos que parar com esse desespero de que vamos ficar sozinhas, principalmente em algumas datas como: dia dos namorados, natal e algumas festas que está toda a família e só você é a solteira, não precisa se sentir insegura porque esta sozinha, e se alguém fizer as malditas perguntas do porquê você estar solteira, pode ser sincera e falar “não achei a pessoa certa que me fizesse querer ter um relacionamento”, e se ficarem falando que você escolhe demais, só dar uma resposta simples, que escolhendo demais você não deixa nenhuma tranqueira entrar na sua vida, a fazendo sofrer por quem não merece. 
Com o tempo aprendi que tem assuntos que é melhor ser exigente e chata, do que aceitar tudo e acabar se dando mal no futuro. Não faça escolhas por questões superficiais, porque você também vai acabar sendo escolhido por questões superficiais, lembre-se daquele ditado: não faça com o outro o que você não gostaria que fosse feito contigo. 


Vou termina falando duas coisas: a primeira é que o mais importante é saber o que te faz bem, não aceite fazer sacrifícios para que no final ter alguma recompensa, aprenda a ter empatia, mas não esqueça que o mais importante é a sua felicidade. E segunda não fique desesperada, a pessoa certa vai aparecer no momento que sua vida estiver pronta para alguém entrar, vou dizer um ditado que minha mãe sempre diz: ”Não fica catando papel na ventania e dizendo sim a tudo, aprenda que não às vezes pode ser uma coisa boa”.

Você também pode gostar

0 comentários