Comportamento

Romances eróticos

13:49

Você já leu algum livro do gênero romance erótico?
Quem me conhece sabe que eu não gosto de estórias românticas, pelo simples fato de que eu odeio quando fazem da protagonista uma “princesa problemática”, cheia de não me toque, insegura, ingênua, etc... gosto de romance onde a mulher é segura, determinada, teimosa, batalhadora, tem opinião sobre tudo, uma personagem em que  podemos nos identificar, mostra mais a atualidade, pois somos independentes e sabemos onde queremos chegar.
Por outro lado, existem os filmes pornôs, que são dedicados, em sua maioria, ao público masculino, afinal são poucas mulheres que sentem tesão, ou prestam atenção diretamente no filme (falo isso porque sei bem que tem mulheres que quando começam a assistir um filme pornô, presta  atenção até na celulite da atriz, mas não prestam atenção no ato sexual). Gostamos dos romances eróticos porque podemos nos inspirar nas estórias que tem no livro, e não ter vergonha de fazer algumas coisas na hora do sexo, além de não precisarmos ver cenas desagradáveis: como ver a atriz se masturbando, fazendo caras e bocas, gritando.
Também sei que, quando leu a pergunta do inicio do texto, a resposta da maioria foi “50 tons de cinzas”, não tenho nada contra a parte de sexo deste livro, que é submissão, um fetiche que algumas mulheres têm, mas o que eu não gosto é da personagem, ingênua, insegura, princesa problemática. Os livros da minha preferencia são do Best-seller IRRESISTÍVEL, pois a maioria dos personagens femininos são aquelas mulheres reais, que trabalham , estudam, são independentes, batalham para crescer na vida profissional, e não são nada ingênuas, tem opinião própria, além de neste livro, sempre existir a versão dos dois personagens, e não existe aquele lance do cara olhar para a mulher e se apaixonar do nada.
O importante é que, o livro deve ser lido para inspirar a fazer algo que saia da rotina, agora não tente ser nenhum dos personagens, afinal de conta eles não são reais, é uma ficção, cada um tem que saber qual é o seu verdadeiro limite, principalmente na cama, pois fazer algo que viu no livro, mas você não gosta, vai acabar te prejudicando, já que você pode travar e não se sentir bem fazendo aquilo.


Lembre-se sempre das coisas básicas quando o assunto é sexo: entre quatro paredes vale quase tudo, desde que você saiba seu limite; se previna para que no futuro não tenha problemas, e sempre deixe claro o que você gosta e o que você não gosta, afinal sexo só começa quando tem a partir de duas pessoas e todas tem que sentir prazer nessa hora, caso contrario vira qualquer outra coisa menos sexo, e por fim: “sempre se sinta segura na hora do sexo”.

Você também pode gostar

0 comentários