Comportamento

Speed Dating = Encontro rápido

10:46

Vocês já ouviram falar em Speed Dating? Para quem não está associando o nome à pessoa vou tentar explicar: provavelmente já viram em filmes, séries, reality shows (americanos) e alguns programas de tv. A cena mais famosa ocorre no filme Hitch: o conselheiro amoroso, quando o personagem estrelado por Will Smith tenta se explicar para
Sara como é o seu trabalho e descobre que ela conseguiu por intermédio de Vance Mure (o cliente que ele se negou a trabalhar), se lembra desta cena? Do local onde ela acontece? Pois bem, assim é o Speed Dating, em outras séries e filmes ele também é utilizado, como exemplo: Sex and city (série), Pequenas Grandes Mulheres (reality show), Virgem de 40 anos (filme), entre muitos outros, enfim, a lista é enorme.
No dia 19/12, participei deste evento e antes que comecem com os comentários: “nossa está tão desesperada por um homem” ou “ para quem diz gostar de ser solteira é muito estranho ir nesse tipo de evento”, ressalto que fui por curiosidade, e lá não é só um lugar para conhecer pessoas a fim de um relacionamento sério, também serve para conhecer pessoas novas, sair de sua zona de conforto, mas lógico que o participante tem que estar solteiro para ir nesses eventos (e por favor não esteja desesperada atrás de um parceiro), o foco principal são relacionamentos sérios sim, mas não é a única possibilidade existente. O público que frequenta, de um modo geral, é muito eclético, percebi que grande parte das pessoas que participa, vão por curiosidade ou estão querendo conhecer alguém. Os eventos acontecem em bares e alguns em baladas em que os participantes possam ficar depois do evento para conhecer melhor aqueles que tiveram mais afinidade.
O Speed Dating surgiu no E.U.A, em 1998 e o criador foi um Rabino chamado Yaacov Dey, tinha como propósito inicial ajudar jovens judeus a encontrarem meninas que queriam um relacionamento sério, com o passar do tempo esse tipo de evento começou a se expandir e ficar bem popular nos E.U.A. Aqui no Brasil não é muito conhecido, só existem duas empresas que organizam este tipo de evento, a mais famosa é a Speed Dating Brasil, e eles realizam para um público com a idade de 20 a 59 anos.


Vou explicar como funciona o Speed Dating ou Encontro Rápido, logo no começo recebemos uma ficha de avaliação em que colocamos se temos interesse nos participantes, sim, não ou talvez ( uma curiosidade é que o talvez só tem aqui no Brasil, lá fora é sim ou não) junto com o rascunho (foto), em seguida tem uma dinâmica para quebrar o gelo e todos relaxam um pouco, afinal você vai conversar com pessoas que nunca viu na vida, então é bem natural ficar tenso e nervoso. Quando acaba a dinâmica e fica todo mundo relaxado, começam os Encontros Rápidos, a mulher fica sentada e a cada 4 minutos conversa com um cara diferente (nem pense que quatro minutos é pouco, porque é o suficiente pra conhecer o básico, ver as afinidades, entre outras coisas).
Ficha de Avaliação
Rascunho



Sei que quando vemos em filmes, parece algo meio desesperado, mas quando participamos percebemos que é algo totalmente diferente, bem relaxado, divertido, logo você se sente confortável. Sei que muitas de vocês estão perguntando, como sabemos se vamos continuar falando, conversando com as pessoas? Saber quem está ou não interessado em você? Para isso no dia seguinte eles mandam um e-mail passando os contatos das pessoas que tiveram interesse mútuo, os sim e os talvez, e os nãos relaxa que não mandam contato nenhum.
Uma coisa muito interessante é que existem casais que se formaram com auxilio do Speed Dating, e provavelmente estejam juntos até hoje, mas também houveram situações complicadas em que ex se encontrarem no evento, como sempre na vida, surpresas inesperadas ocorrem. Na minha humilde opinião, o Speed Dating é interessante, além de ser uma proposta diferente do que estamos acostumados, tem que sair da sua zona de conforto. Só por favor, mulherada lembre-se do que sempre conversamos: seja sincera sobre seus objetivos e sobre quem você realmente é.
E para finalizar sempre falo isso, mas é necessário, existe uma diferença entre a realidade e o que dizem, quando fui pesquisar sobre este assunto li coisas chatas e preconceituosas sobre o evento, lógico que lá não vamos encontrar nenhum Christian Grey, pois este cara não existe e se um dia existir, provavelmente já estará casado, as pessoas que frequentam são pessoas normais, que trabalham, estudam, tem uma rotina como qualquer outra pessoa. E tenha cabeça aberta, sem preconceitos, tente conhecer a pessoa antes julgar.

Você também pode gostar

2 comentários

  1. A proposta do evento pode ser bacana, mas os filmes criam uma imagem em torno disso que para nós pode ser distorcida, ainda mais pq ainda não é popular por aqui. Mas sua experiência por lá parece q foi legal e, assim como hoje as pessoas têm o costume de procurar sites de relacionamentos, talvez daqui um tempo seja a forma mais usada para conhecer pessoas e creio que até mais seguro tbm.

    Ótimo post!
    Bjs. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dih, então acho meio difícil ficar popular aqui no Brasil, apesar de ser uma proposta bem legal, e eu recomendar para todos irem, sei que agora tem muita gente que e acomodada, prefere a internet porque e mais pratico e não tem que sair de casa. Mas tem muitas coisa que a internet não proporciona, e so podemos reparar quando estamos conversando pessoalmente.
      Como disse anteriormente eu recomendo e algo,diferente e saímos da nossa zona de conforto.
      Obrigada, fico feliz que tenha gostado e que o post tenha sido esclarecedor, colocando como isso funciona na realidade, vai algum dia neste evento.
      Bjos gata.

      Excluir