Historia do blog Solteira e Feliz

15:33

Esta semana no dia 07 de Abril o blog Solteira e Feliz completou um ano, de muitos que ainda virão. E para comemorar este primeiro ano, vou contar a historia do blog. Não contei na sexta-feira, porque como tinha dito Facebook para vocês na quarta-feira, que  no dia tinha uma prova na faculdade e valia 5 pontos, então me dediquei aos estudos.  


Para começar a contar a historia do blog, tenho que voltar umas três semanas antes, que foi no dia em que um fato e me fez querer mudar as coisas, parar de ser aquela idiota que eu era antes. Estava conhecendo um cara (conhecendo, enrolada, ficando, saindo, o que vocês acharem melhor) e no dia 17/03/2015 eu tinha encontrado com ele, e nas conversas ele perguntou quando era meu aniversario, eu falei que era no dia seguinte, e continuamos a conversar sobre vários assuntos, depois ele foi embora e eu fui para faculdade. No dia seguinte ele simplesmente sumiu do nada, e como conversávamos muito pelo Whatsapp, percebi que ele ficou o dia inteiro sem mandar nenhuma mensagem, nem responder nada o que eu mandava só que ele visualizava as mensagens, quando chegou a noite, fui olhar meu celular e percebi que ele tinha me bloqueado no Whatsapp,  o Facebook dele estava desativado, resumindo ele me deu um pé na bunda no dia do meu aniversario, cheguei em casa fiquei chorando por uns 20 minutos e depois dormi.
 No outro dia estava decidida que não seria mais maltratada e ou sofrer por caras que não estava nem ligava pelos meus sentimentos, que se importava tanto comigo que fez questão de sumir no dia do meu aniversario e não tinha desculpas para falar que era coincidência, pois ele havia perguntado no dia anterior quando era meu aniversario. Eu estava cansada de chorar por pessoas que não se importavam nenhum pouco comigo. Depois deste fato fiquei algumas semanas escutando as mesmas cobranças de sempre por eu estar solteira e falando que “tinha 25 anos e estava na hora de arranjar um namorado”.  Eu estava de saco cheio disso que tinha vontade de explodir. Até que chegou certo dia que minha única vontade era escrever tudo o que estava engasgado por semanas e não conseguia esquecer. Cheguei em  casa e a primeira coisa que fiz foi ligar o computador e começar a escrever tudo, dando a resposta que eu queria dar para todos que me criticavam, foi quando saiu o meu primeiro texto.
A ideia do blog surgiu através de um amigo, minutos depois que terminei o texto falando que seria um desabafo, um amigo meu me chamou no whatssap, e perguntou o que estava fazendo, quando respondi que estava escrevendo, ele pediu para enviar o texto por e-mail pra ele ler, minutos depois ele veio com a ideia de criar um blog, porque ele achava que eu escrevia bem. A verdade que já tinha pensado em criar um blog fazia um tempo, ainda mais na época que eu era viciada na serie Sex And City, mas percebia que eu era fogo de palha e acabava desistindo logo no começo, porque eu não tinha assunto para continuar.
Resolvi tentar mais uma vez, e falaria de um assunto que estava tão acostumada que era ser solteira, falar das minhas experiências e aprender a ser feliz sozinha, para depois arranjar alguém. No começo só meu amigo o blog sabia sobre o blog e consequentemente só mostrava para ele os textos, tinha muita vergonha de mostrar para outras pessoas, até que comecei a perceber que as visualizações era de 7 por textos. Resolvi criar coragem e mostrar para uma amiga na faculdade, ela gostou e como sabe que sou cagona quando o assunto é falar em publico e tinha medo da opinião dos outros, então falou de um jeito bem direto e reto “você tem que divulgar o seu blog, você escreve muito bem, e se você não divulgar ou ficar enrolando, quem vai fazer isso vai sou eu”.
Posso dizer que neste um ano e graças ao blog, amadureci muito (vocês devem perceber pela forma que escrevo), recebi muitas dicas, fiz muitas coisas que eu tinha vontade e pouca coragem,  comecei a me soltar mais e mostrar quem eu sou de verdade sem ficar receio do que vão pensar. Falo que é por causa do blog, pois através do que escrevia comecei a ver que esta blogueira corajosa que fala a sua opinião e não tem medo da opinião dos outros, tinha que sair de algum jeito, hoje eu falo com toda certeza que sou uma solteira feliz, e quero alguém que goste de mim do jeito que eu sou, sem mentiras, táticas ou joguinhos malucos para conquistar alguém.  
Estou muito feliz pelo blog esta completando um ano, graças a três pessoas foi possível criar e dar continuidade ao blog (mesmo algumas vezes querendo desistir), essas pessoas são: o meu amigo que me incentivou a criar o blog, a minha amiga que me incentivou a divulgar (de uma maneira nada sútil e quase me obrigando), e ao TRASTE que foi graças a ele que resolvi que nunca mais vou sofrer por cara nenhum, quem disse que não da pra tirar uma coisa boa de uma situação chata?
 E quero agradecer muito as 176 pessoas na fanpage do Facebook, podem falar que são poucas pessoas, mas gosto de cada um e sei que estão inscritas na fanpage e leem o blog porque gostam e não porque tem interesse em alguma coisa, ou por causa de algum sorteio maluco.


Espero que possa continuar escrevendo aqui por vários anos, trazendo coisas novas e legais, além alguns assuntos polêmicos, afinal sou uma blogueira que adora escrever sobre esses assuntos. E para quem esta vendo pela primeira vez o Solteira e Feliz, só posso dizer que espero que goste do blog, aqui você pode dar sua opinião sobre os assuntos tratados, fique a vontade para dar sua sugestão e SEJA BEM VINDA.

Você também pode gostar

2 comentários

  1. Oi, você poderia colocar um daqueles botões de curtir o texto. Estou conhecendo seu blog agora e adorando =D Algo parecido já aconteceu comigo também, mas o rapaz e eu estávamos ficando já há quatro meses. Do nada, ele parou de falar comigo, me ignorar e bloqueou em todas as redes sociais. Eu sofri por dias porque estudávamos na mesma escola e ele ficava fugindo ao invés de falar qual era o problema. Enfim, resolvi que não guardaria rancor por ele e que seguiria minha vida. Um dia nos reencontramos numa festa de um amigo em comum e ele conversou comigo sobre o ocorrido. Hoje estamos bem, apesar de ficarmos meses sem nos falar, vez ou outra, a gente conversa pelo facebook xD Realmente, há sempre um ponto positivo em situações ruins. Continue escrevendo, não desista =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada gata! Eu e ele já nos conhecíamos fazia alguns anos antes de começar a ter esse rolo, depois deste dia passou alguns meses ele resolveu aparecer, com se nada tivesse acontecido e conversamos bastante, mas depois de um tempo brigamos. Acho que a parte que me deixou mais triste foi como e quando ele fez, porque já tínhamos combinado que se um dos dois não quisesse mais, era só falar e a amizade iria continuar. Mas como dizem o que não lhe mata, te deixa mais forte. E seja bem vinda e fique a vontade para dar sua opinião.
      bjos

      Excluir