Comportamento

Resposta aos comentários machistas.

19:56

Sei que vocês viram esse titulo e ficou um pouco surpresa/ impressionada/ curiosas, mas vou explicar melhor sobre esse assunto. Tem um homem no Youtube que faz vídeos difamando vídeos de mulheres feministas, e os argumentos são tão machistas que deu vontade de fazer uma resposta para pessoas que pensam iguais a esse homem.
Vamos começando a deixar claro uma coisa simples, não é porque você não é feminista que você seja automaticamente machista, tanto é que vou falar agora o significado de machista, feminista e feminismo que tirei do site dicionário Aurélio, para dizer da forma mais certa o significado de cada um, eu não quero entrar no que seja o feminismo, quando surgiu entre outras coisas, porque é algo bem complexo e teria que citar algumas autoras feministas e as filosofias de cada uma delas.
Significado de Machista: Que ou aquele que age e pensa em função da ideia que o homem domina socialmente a mulher e que, por tal motivo, tem direito a privilégios de dono.
Significado de Feminista: 1 Relativo ao feminismo. 2 Pessoa partidária do feminismo.
Significado de Feminismo: Sistema dos que preconizam a ampliação legal dos direitos civis e políticos da mulher ou a igualdade dos direitos dela aos do homem.
Não me considero totalmente feminista, mas sou a favor da igualdade de diretos entre homens e mulheres e como já disse varias vezes aqui no blog, não é porque nascemos mulheres que somos consideráveis frágeis, afinal tem muita coisa que mulher faz e aguenta que duvido algum homem tentar fazer e aguentar tudo com a nossa elegância e sem arranjar brigas. Vou tentar falar todos os comentários que lembro e acho um absurdo, logicamente em seguida colocando minha resposta.

  • Feminista é tudo um bando de mal comida.
R: Porque tem tanto homem que acha que a mulher só pode se indignar e ficar brava com alguma coisa se a mulher esta insatisfeita com suas relações sexuais. Acha-se tão bonzão porque tem um pênis no meio das pernas, mas esqueceu de um detalhe, isso que você tem nos meios das pernas, já vende no sex shop e olha que legal podemos comprar, usar quando quiser, ele não falha e quando não queremos mais simplesmente desligamos e guardamos sem precisar ficar dando desculpas ou explicações de o porquê não estamos afim de sexo naquele momento.

  • Querem salários iguais aos homens, mas vocês não fazem trabalhos noturnos, insalubres e nem faz horas extras.
R: Para explicar isso vou ter que dar uma pequena aula de Departamento Pessoal, para pessoas que falam uma merda dessas, é provavelmente é aquela pessoa que todo ano no mês de março questiona o desconto de 1% no seu salario para a contribuição sindical.
Para começar a falar sobre a diferença de salario entre o homem e a mulher, posso citar um artigo na CLT que fala exatamente que não pode ter diferença de salario por causa do sexo.
            Art 5: A todo trabalho de igual valor correspondera salario igual sem distinção de sexo.
Acho que isso já acaba com o comentário de porque é homem tem que ganhar mais que a mulher, e se acham pouco, na própria CLT existe um capitulo falando sobre da proteção do trabalho da mulher, e logo no começo fala exatamente sobre a igualdade de leis que regularizam o trabalho.
                Art. 372 - Os preceitos que regulam o trabalho masculino são aplicáveis ao trabalho feminino, naquilo em que não colidirem com a proteção especial instituída por este Capítulo.
Como também existe algo bem legal falando sobre a discriminação de sexo, cor, idade, situação familiar.
                Art. 373A - Ressalvadas as disposições legais destinadas a corrigir as distorções que afetam o acesso da mulher ao mercado de trabalho e certas especificidades estabelecidas nos acordos trabalhistas, é vedado:
            I - publicar ou fazer publicar anúncio de emprego no qual haja referência ao sexo, à idade, à cor ou situação familiar, salvo quando a natureza da atividade a ser exercida, pública e notoriamente, assim o exigir;
            II - recusar emprego, promoção ou motivar a dispensa do trabalho em razão de sexo, idade, cor, situação familiar ou estado de gravidez, salvo quando a natureza da atividade seja notória e publicamente incompatível;
            III - considerar o sexo, a idade, a cor ou situação familiar como variável determinante para fins de remuneração, formação profissional e oportunidades de ascensão profissional;
            Parágrafo único. O disposto neste artigo não obsta a adoção de medidas temporárias que visem ao estabelecimento das políticas de igualdade entre homens e mulheres, em particular as que se destinam a corrigir as distorções que afetam a formação profissional, o acesso ao emprego e as condições gerais de trabalho da mulher."
Resumindo a lei assegura que as mulheres tenham os mesmos diretos dos homens no ambiente de trabalho e não podendo fazer com que haja discriminação de sexo dentro do ambiente de trabalho e que tenha total liberdade para o desenvolvimento profissional dela entro da empresa.
Agora vamos falar de um ponto que sempre fazem comentários idiotas, existe uma diferença entre salario fixo, adicional noturno, insalubridade, periculosidade horas extras e vou explicar segundo a CLT.
Adicional Insalubridade de acordo com a CLT:
Art. 189 - Serão consideradas atividades ou operações insalubres aquelas que, por sua natureza, condições ou métodos de trabalho, exponham os empregados a agentes nocivos à saúde, acima dos limites de tolerância fixados em razão da natureza e da intensidade do agente e do tempo de exposição aos seus efeitos.
Art. 190 - O Ministério do Trabalho aprovará o quadro das atividades e operações insalubres e adotará normas sobre os critérios de caracterização da insalubridade, os limites de tolerância aos agentes agressivos, meios de proteção e o tempo máximo de exposição do empregado a esses agentes.
Parágrafo único - As normas referidas neste artigo incluirão medidas de proteção do organismo do trabalhador nas operações que produzem aerodispersóides tóxicos, irritantes, alergênicos ou incômodos.

Adicional Periculosidade de acordo com a CLT:
Art. 193 - São consideradas atividades ou operações perigosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho, aquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem o contato permanente com inflamáveis ou explosivos em condições de risco acentuado.
           
Adicional Noturno de acordo com a CLT:
Art. 73 - Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.
§ 1º - A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinquenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.
§ 2º - Considera-se noturno, para os efeitos deste artigo, o trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.


Hora extra
Art. 59 - A duração normal do trabalho poderá ser acrescida de horas suplementares, em número não excedente de 2 (duas), mediante acordo escrito entre empregador e empregado, ou mediante contrato coletivo de trabalho.

A diferença que poucas pessoas entendem sobre o salario fixo e esse adicionais é tão simples, o salario fixo é o valor que esta na sua carteira de trabalho quando você é registrado ou tem alguma promoção, agora os adicionais  que são insalubridade, periculosidade e noturno, isso é uma porcentagem estipulada por lei nos casos que acabei de citar, e hora extra não algo fixo e sim considerado um acréscimo variável sobre o salario de acordo com a quantidade horas extras feita durante o mês a ser pago.
O que  estamos reclamando é  que queremos ganhar o que temos direito por lei, se também trabalhamos em condições insalubres, perigosas, no período noturno e fazemos horas extras, temos o direto de receber por isso, queremos um salario fixo  igual ao dos homens não ser discriminada em algumas funções por sermos mulheres.


  • Mulheres estão biologicamente propensas a fazer serviços domésticos.
R: Acho engraçado quando falam que as mulheres estão biologicamente propensas a fazer alguma coisa, mas a verdade é que as mulheres não nasceram sabendo a arrumar a casa, lavar louça, lavar roupa ou cozinhar, na verdade isso é algo cultural em que as mães ensinam as filhas desde criança a fazer serviços domésticos, incentivando com brinquedos e falando a frase “olha esse brinquedo é igual tal coisa da mamãe”, como as crianças sempre querem se espelhar e fazer coisas que as pessoas que admiram costumam fazer, neste caso as crianças admiram o pai e a mãe ou quem cuida delas. Agora se você falar que as mulheres são biologicamente propensas a fazer serviços domésticos vai ter que explicar uma coisa que não bate com a sua teoria que os maiores chefes de cozinhas e cozinheiros são homens. Então é errado falar que somos biologicamente propensas a fazer serviços domésticos, quando na verdade somos incentivadas desde criança a fazer serviços domésticos.

  • O aborto é crime, vivemos em um pais cristão. Segundo o documentário Blood Money...
R: Primeiro vivemos em um pais cristão, mas em um país laico que país ou nação tem uma posição neutra no campo religioso, resumindo as leis não vão de acordo com uma religião dizendo o que é crime, e querendo ou não o Brasil é um pais laico.  Já escrevi sobre esse assunto aqui e ficar repetindo o mesmo texto não vai dar certo, quando falamos que queremos a legalização do aborto não quer dizer que o aborto será o futuro anticoncepcional, porque uma coisa que muita gente não entende que o corpo da mulher não é algo publico, e ninguém é dono do corpo de uma mulher a não ser ela mesma, e  quer ter o total direito de fazer o que ela bem entender com o próprio corpo e com a própria vida, afinal quando engravida a única pessoa que tem a vida virada de cabeça para baixo é a mulher, ela vai ter que lidar com as mudanças no seu corpo, vai ter que deixar seus planos de lado para cuidar de uma criança, e se virar para educar, criar e alimentar uma criança e as veze faz isso sozinha sem ajuda de outras pessoas. Não lutamos apenas pela a legalização do aborto porque não acreditamos na vida, somos assassinas ou insensíveis que não entende que um filho é algo maravilhoso, mas sim para ter direito fazer o que quiser com o nosso corpo e com nossa vida sem precisar apelar para açougues clandestinos, sem fiscalização e higienização. Muitas vezes citou nos vídeos o documentário Blood Money, mas muitos vão dizer e vou ter que concordar que não pode ser considerado um documentário, pois só mostra um ponto de vista moral sobre o aborto legalizado, mas não fala em geral na sociedade e o que trás de bom e de ruim com a legalização do aborto, posso dizer que assisti ao filme e achei um absurdo todo o filme.

  • Vocês mulheres só consideram assedio se não for do interesse de vocês, caso ao contrario considera até um elogio.
R: Sinceramente não tem muito que falar sobre esse comentário, porque recentemente aconteceu um fato bem interessante em que um funkeiro famoso foi assediar uma reporte que estava o entrevistando e a moça em questão o denunciou usando as gravações de tudo que ele falou como prova. Acho o seguinte se torna assedio quando uma pessoa que você não deu a menor liberdade vem te chamando de gostosa, falando que vai te estuprar e te arrebentar toda ou algo do tipo. Independente de quem seja, o lugar que no a mulher esteja, a roupa que a mulher esteja usando, o mínimo que tem que ter com qualquer mulher é um pouco de respeito, se vem falando esse tipo de coisa é considero assedio independente de quem seja, e se for coagindo e obrigando a pessoa a fazer algo que não queira isso já é considerado agressão contra a mulher. Existe uma diferença do “oi, tudo bem?” e “e ai gostosa”.

  • Toda feminista acha que todas as mulheres devem ser feministas.
R: Já escutei tantas vezes essa frase que a resposta já sai automaticamente, o feminismo é lutar pela igualdade de direitos entre mulheres e os homens, como a luta pelo direito e segurança da mulher. Existem feministas que entendem o que é o feminismo é a luta pelo direito e a segurança da mulher em uma sociedade buscando igualdade entre os sexos, mas tem algumas que acham que o feminismo é odiar e achar que o homem não é necessário numa sociedade. Quando falam de autoras feministas radicais, temos que pensar em duas questões que se encaixa no contexto do que elas lutavam, que seria em que época elas viviam e a cultura daquela época, porque se for nos anos 50, 60 e 70, já tem que lembrar que era uma cultura da época em que a mulher era criada com a mentalidade de que o objetivo da vida dela era casar, ter filhos, cuidar de uma casa, elas aprendiam desde criança que o certo era  ser bela, recatada e do lar, agora vivemos em um mundo com uma mentalidade diferente em que as mulheres tem que trabalhar, estudar para ser bem sucedida, ser independente. Temos que aprender que todos têm o direto de ter sua opinião, mas nunca devemos deixar de lado o respeito pelo outro.

Estava querendo há um tempo escrever esse texto que em minha opinião que as mulheres têm lutar pelos seus direitos e não serem criticadas e humilhadas por isso, nesse texto só coloquei alguns comentários que são repetidos por muitos machistas, inclusive pelo o cara que fica difamando os vídeos de algumas meninas no Youtube, mas usa sempre a foto de um menino que deve ter 8 ou 9 anos. Você quer expor sua opinião então fala, mas coloque sua cara a tapa mostrando quem é, e o porquê defende essa opinião, e para isso não precisa humilha ninguém, afinal eu coloquei minha opinião sem humilhar ninguém, e falando os comentários que costuma fazer.

Você também pode gostar

0 comentários