Comportamento

Quem paga a conta?

16:15

Estava relembrando um livro de autoajuda (sinceramente não recomendo) e por uma coincidência acabei conversando com um amigo sobre primeiro encontro, conforme o assunto ia se desenvolvendo chegou ao assunto da conta. Afinal no primeiro, segundo ou terceiro encontro quem paga a conta?



No livro em questão falava que a mulher pode pagar a maior parte da conta, afinal o homem teve o trabalho de planejar o encontro e escolher a bebida. Então não seria nada mais justo que a mulher pagar a maior parte da conta. Teve outras partes no livro que me fez ter a pura certeza que homens que pensam igual o auto do livro, que acha que a mulher é igual um troféu para exibir para os amigos, e para mulher conseguir um homem ela tem que mexer com o ego deles, que parece ser igual a um ovo avestruz (grande e frágil).

Mas voltando ao assunto em questão, quando estou em um encontro sempre tenho certa tensão quando chega a hora de pagar a conta, porque vai mostrar se o homem é um completo babaca que vai ficar mostrando que ele pode tudo e nem vai me deixar ver o valor que deu a conta, ou vai ser aquele homem vai me deixar ver o valor e me oferecer para pagar uma parte da conta sem ficar com cara de bunda por ficar com o frágil ego ferido, porque ele é seguro o suficiente para deixar que eu proponha a pagar uma parte da conta e não tem um ego tão frágil.

Sou daquelas mulheres que pensa da seguinte forma: se os dois beberam, consumiram, se divertiram então nada mais justo os dois pagar conta junto. Vivemos em uma sociedade em que as mulheres estão sendo mais independente do homem, tendo o próprio dinheiro, os próprios sonhos e os próprios planos. Mas também não vem com aquelas conversinhas de que “somos tão independe porque não pagamos a conta sozinha?” ou “ o homem teve o trabalho de planejar o encontro, escolher as bebidas, então a mulher tem que pagar a maior parte da conta”. Sou da seguinte opinião se uma pessoa quer encontrar à outra pessoa, e convidou, então é obrigação dela planejar algo para fazer independente que seja homem ou mulher.

Esta na hora de alguns homens entenderem de uma vez por todas que não á nada de errado em dividir a conta, pelo ao contrario é bom, afinal se ela esta propondo dividir a contar e quer saber o valor, ela é aquela mulher independente que vai correr atrás das coisas que quer. Se acontecer algo mais sério e os dois for morar junto, ela não vai se acomodar e deixar vocês com um monte de dividas para se virar sozinho, pelo ao contrario ela vai ajudar nas despesas, vai batalhar junto com você para querer algo melhor, e com certeza não vai ficar com esse de eu quero isso, eu quero aquilo, enquanto você se mata de trabalhar o dia inteiro.

Então vamos combinar uma coisa: homens tem que parar de ter egos tão grandes e tão frágeis, que um simples “quanto deu? Vamos dividir?” pode arruinar um encontro legal porque feriu seu ego e te deixou mal, porque acha que a mulher pensou que você não pode arcar como uma simples conta de uma noite, pelo ao contrario se estamos pedindo para dividir é porque queremos mostrar que não estamos procurando alguém para nos sustentar e sim um companheiro para caminhar junto com a gente e compartilhar as coisas. Mas mulherada entenda que não é porque esta saindo com um cara que é para considerar boca livre, afinal se queremos respeito e igualdade, então nada mais justo que ter atitudes assim.

Não tem nada de errado em dividir a conta, o que tem de errado é ser folgado e deixar o outro pagar tudo sozinho. E vou usar uma fase bem clichê para isso, mas também legal: “Ser brega é achar que é a obrigação do homem pagar a conta sozinho”. 

Você também pode gostar

2 comentários

  1. Não sou muito de comentar em blogs, mas me sinto na obrigação aqui, hehehehe.

    Quando saio com uma mulher pela primeira vez, faço questão de pagar a conta, normalmente ela se oferece pra dividir e acho isso legal, mas recuso. Faço isso porque ela se dispôs a me conhecer, e talvez nem tenha gostado, e com isso me sinto na obrigação de no minimo pagar essa conta.

    Se rolar um segundo, terceiro encontro ai divido a conta de boa.

    Será que sempre fiz errado? rs


    De qualquer forma, muito legal o seu blog :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela seu elogio e comentário.
      Acho que algumas atitudes durante o encontro mostra se esta sendo bom o ruim, por exemplo, se ela mais presta atenção nas horas ou não sai do celular, já é um sinal vermelho. Mas se ela esta propondo em dividir a conta não tem nada de errado, porque ela já veio prevenida com o dinheiro para dividir a conta.
      Lembra sempre de um detalhe: O encontro é para conhecer melhor um ao o outro, não é só um lado se fica avaliando se vale a pena um futuro relacionamento ou não, são os dois lado tanto da sua parte quanto da parte dela, o melhor conselho que dou é você relaxar e ser você mesmo na do encontro. Já leu o texto o que não fazer no primeiro encontro?
      Bjos

      Excluir