Comportamento

Solteira Antes X Depois dos 25 anos

18:28

Você é uma daquelas pessoas que fez muitos planos para ter uma vida completa e perfeita até os 30 anos, mas quando chegou aos 25 anos viu que a vida não vai acabar aos 30 e não precisa ter tanta pressa de viver 20 anos em 10 anos?

Essa semana estava conversando com uma amiga minha que eu conheço desde o meu primeiro emprego, entre tantos assuntos começamos a falar dos planos que tínhamos colocado para a nossa vida e a realidade que esta sendo totalmente diferente. Conforme a conversa foi fluindo, percebemos que aqueles planos que a gente tinha feito, parecia que a vida iria acabar aos 30 anos.

Então hoje vou fazer uma listinha falando de como pensamos que temos dos 20 aos 25 anos, e dos 25 aos 30 anos como algumas coisas vão mudando. Lembrando que estou colocando os 25 anos, porque foi à idade que eu achei ser o momento que comecei ver a vida de um jeito diferente, mas não estou generalizando e falando “todas as mulheres solteiras de 25 anos pensa e faz essas coisas”, pois é o meu ponto de vista de algumas coisas que eu pensava ou algumas amigas mais novas pensam sobre determinados assuntos, e como vejo algumas coisas de uma maneira diferente.


Antes dos 25 anos:

·         Amigos: Você mal conheceu a pessoa e já se torna a melhor amiga, acreditando que todo mundo é seu melhor amigo e ninguém vai ser falso com você ou fazer alguma maldade.

·         Balada: Adora sair no fim de semana, principalmente se for aquelas baladas famosa, lotada e com muita bebida.
·     Trabalho: Tem planos de aos 30 anos chegar ao cargo de Diretor da empresa, e quer crescer a todo custo porque o seu plano de vida é ficar rico até os 30 anos.

·         Vida Amorosa: Qualquer cara pode ser seu futuro namorado e acredita que o amor pode acontecer em qualquer lugar com qualquer pessoa (90% de chances de dar algo errado), e acredita friamente que só pode ficar solteira até os 25 anos, porque a idade máxima de uma mulher se casar é de 30 anos.

·         Dinheiro: Mesmo tendo a ambição de ficar rica até os 30 anos, sempre esta com dividas no cartão de credito, porque gasta o dinheiro com besteira, sendo entre essas besteiras balada, roupa, sapato entre outras coisa que sempre são do bom e de melhor. E gosta de ficar ostentando as coisas que tem.

·         Meta de vida: Até os 30 anos pós-graduação na melhor faculdade, inglês fluente, morando sozinha, namorando e com planos em se casar,  ter viajado para fora do pais, ganhando um salario de 4 a 5 dígitos e com um cargo alto na empresa.

Depois dos 25 anos:
  •  Amigos: Não tem muitos amigos, pois amigos de verdade você pode contar nos dedos de uma mão só, e mais da metade daquelas pessoas que você considerava “seus amigos” que quando tinha 21 ou 22 anos agora nem tem mais contato com eles. Mas agora você sabe diferenciar quem é amigo de verdade e quem é só colega.  
  •  Balada: Odeia lugar lotado, agora tem preferencia por barzinhos e pubs para quando  sair com os amigos, vai ficar sentado numa mesa conversando e bebendo. 
  • Trabalho: Tem planos de crescer na empresa, mas não tem aquela pressa de que quando tiver 30 anos vai estar no cargo de Direto da empresa, porque começa a analisa e pensar “será que tenho maturidade suficiente que esse cargo exige, ou será melhor estudar mais e esperar mais um pouco?”.
  • Vida Amorosa: Depois de se meter em tantas roubadas, agora esta uma pessoa mais seletiva e aproveita cada minuto da sua vida de solteira para se redescobrir. E se alguém começar a criticar por estar solteira, não liga para a opinião dos outros e manda ir à merda.
  • Dinheiro: Tem consciência com o que esta gastando e sempre se pergunta se vai precisar daquilo, mas continua ter dividas só que agora gasta o dinheiro de forma consciente. E sempre que possível reserva um dinheiro para caso de emergência. Não tenta exibir tudo o que tem, pois não vê sentido ficar se exibindo.
  •  Meta de vida: O que conseguiu fazer até agora esta de bom tamanho, vamos mantendo o foco. E se não der para atingir todas as metas até os 30 anos, vai fazer depois porque a vida continua depois dos 30 anos e ainda tem a opção de mudar de ideia. 
Para resumir tudo o que eu disse, mesmo sendo algo bom essa ousadia que temos dos 20 aos 24 anos para enfrentar as coisas difíceis e querendo sempre ser o melhor no que fazemos, com o tempo e maturidade começamos a percebe que precisa tirar o pé do acelerador e começar a pensar de maneira diferente. A vida pode passar muito rápido, mas se não souber levar a vida de uma forma mais tranquila e começar analisar se vale a pena ou não seguir algumas metas de vida tanto esforço não vai adiantar de nada, além de te deixar uma pessoa infeliz com sua própria vida, lembrando que nunca é tarde demais para mudar algumas coisa e às vezes começar do zero. 

Você também pode gostar

0 comentários