Comportamento

O objetivo da mulher é ser mãe?

17:25

Tem algumas pessoas que falam “o objetivo da mulher é ser uma boa esposa e mãe”. Mas será que todas as mulheres nasceram com esse objetivo? Será que é o desejo de todas as mulheres?

Sei que muitas de vocês vão começar a criticar dizendo que a pessoa que pensa desse jeito é um machista, ou que é de alguma religião especifica, mas vai ter algumas mulheres que tem o desejo de se casar e construir uma família, e fica se perguntado se nos dias de hoje isso pode ser algo errado. A verdade que eu não quero questionar o seu desejo de querer no futuro construir uma família ou ser uma mulher solteira, porque isso é uma escolha sua. Mas quero questionar esse pensamento de generalizar o que todas as mulheres querem se baseando em uma só, porque somos uma diferente da outra e temos objetivos diferentes.

Não é toda mulher que define o seu objetivo de vida seja se casar e ter filhos, pelo ao contrario, muitas mulheres querem crescer profissionalmente, viajar, ter seu próprio cantinho, sendo que o marido e os filhos ficam como objetivos de segundo plano, pois nem toda mulher nasceu com esse desejo de casar, ter vários filhos e virar uma dona de casa. Hoje em dia as mulheres que querem ter filhos, têm planos de ter no máximo dois e conciliar com a vida profissional, sem precisar deixar alguma coisa de lado, pois planeja ter uma vida estável para poder ter um filho.

Queria que algumas pessoas entendesse que a mulher não nasceu só parar virar um objeto de procriação, pelo ao contrario somos muito mais que isso e queremos ser levadas a serio em outros assuntos também. Não é porque nascemos mulher e Deus deu esse dom de gerar uma vida, que somos obrigadas a passar metade da nossa vida gravida e aguentado choro e pirraça de criança, para quando chegar à menopausa ficar morrendo de calor, vendo a que a vida passou e não podemos fazer nada.

A verdade que nem toda mulher nasceu para ser mãe, e isso não deve ser algo horrível, porque tem mulher (como por exemplo, eu) que deseja fazer muito mais coisa da vida, do que ficar na rotina de cuidar de filhos, trabalhar, cuidar da casa. Cada um tem o livre arbítrio para escolher o que vai fazer da vida, e não é uma sociedade que vai ditar como vai ser a vida dela.


Para finalizar quero dizer que toda mulher tem direto de fazer o que bem entender com a sua vida, e não adianta vim com esse papinho “Deus deu a mulher o poder de gerar uma vida e o dom da maternidade, então é errado a mulher rejeitar seu destino”, porque a mulher não nasceu hermafrodita, então para gerar essa vida precisa também de um esperma que só tem no ser vivo do sexo masculino. E quanto à parte do dom da maternidade, isso não existe, a mulher não nasce sabendo como cuidar de uma criança ou acabou de nascer o filho dela o cérebro automaticamente já sabe como cuidar do seu filho sozinha, porque a mulher quando tem um filho ela tem que se virar para aprender tudo sozinha e na pratica. Então vamos parar com essas conversas de que as mulheres obrigatoriamente nasceram para ser mãe, e começar a deixar as mulheres decidirem o que fazer com a própria vida e com o próprio corpo. 

Você também pode gostar

0 comentários