Comportamento

Posso ser simpática, mas não sou burra.

16:33

Você já passou pela seguinte situação: uma pessoa apronta com você e depois de anos ela reaparece como se nada tivesse acontecido, achando que se você está sendo simpática e educada com a pessoa, significa que você esqueceu tudo o que ela fez e confia cegamente nela? O que você faz numa situação dessa?

Quando começo a colocar uma situação, já é sinal que lá vem desabafo, mas o desabafo de hoje é algo que vocês vão concordar comigo. Afinal eu sou uma pessoa simpática e educada com todo mundo, mas não sou fofa e muito menos tenho memória fraca pelo ao contrario sou aquela pessoa que se alguém fizer alguma merda comigo, pode passar 10 anos ou mais só que eu não vou esquecer do que fizeram comigo. Infelizmente na minha vida tem uma pessoa assim, um ex-namorado que ressurge das cinzas e age como se nada tivesse acontecido, como se durante o relacionamento todo ele tivesse sido um príncipe, mas na verdade foi um FDP sendo já tinha comentado dele aqui no blog.
Acho incrível essas pessoas que se acham os espertos e que todo mundo é burro ou troxa para ter uma memória fraca, mas esquece daquele velho ditado “quem bate esquece, mas que apanha dificilmente esquece”. Não é porque alguém está sendo educado com você e te trata bem que isso quer dizer que você pode pisar nela até não querer mais e sumir por um tempo, para depois voltar com a maior cara de pau do mundo fingindo que nada aconteceu e que tudo foi um momento ruim, então quer dizer que não importa se você deixou a pessoa mal e feriu os sentimos dela, porque a única coisa que importa no mundo é atender as suas necessidades.
E quando você acha que o limite dessa pessoa é ser cara de pau de fingir que nada aconteceu, ela ainda te surpreende quando você vai falar tudo que está engasgado por anos, como resposta é sínica falando “a única culpada nessa história foi você, pois não pedi para você me dar esse tipo de confiança” ou “eu não fiz nada disso, você está entendendo tudo errado”. Tentando reverter a situação e se fazer de vítima, como se você fosse a pessoa que fez todas as merdas ou burra o suficiente para entender as coisas simples de forma errada.
Agora vamos esclarecer algumas coisa, se eu estou sendo educada ou simpática com alguém mesmo ela tendo feito todas as merdas possíveis e imagináveis, não quer dizer que sou burra ou coisa do tipo, simplesmente eu tenho um pouco de educação e resolvi tocar minha vida para frente e não ficar estacionada me remoendo o rancor achando que todo mundo vai ser igual a esses infelizes. Mas isso não quer dizer que tenho memória fraca e vou esquecer todas as merdas que fez comigo e só vou lembrara das coisas boas, porque eu não sou burra, vou ser simpática e educada, mas ao mesmo tempo vou manter uma distância significativa, pois já estou vacinada contra essa pessoa o suficiente para saber o que ela é capaz de fazer.

Para finalizar só queria deixar claro uma coisa bem simples para esse tipo de pessoas que acham que pode fazer todo mundo de troxa e depois voltar como se nada tivesse acontecido. Existe milhares de motivos por uma pessoa ser simpática e educada com você, mas isso não quer dizer que a pessoa simplesmente apagou da memória todas as merdas que fez com ela e vai confiar ou acreditar 100% em você de novo, se mudou de verdade então prove ao invés de ficar fingindo que nada aconteceu, mas não podemos deixar  de dar um recadinho: se você fez alguma merda aguente as consequências calado, mas não tente se fazer santo ou vítima, pois é feio e irritante ficar invertendo os papeis.  

Você também pode gostar

0 comentários