Comportamento

Geração Chatice

16:27

Se você é daquela pessoa vê preconceito em tudo, acha que as crianças já devem aprender a ser pequenos adultos ou ter uma alimentação vegana, fica obrigando as pessoas a seguir seu modo de vida porque é o correto e não está nem ai para a vontade dos outros. Precisamos conversar, pois você é da geração chatice.

Essa semana estava lendo umas reportagens sobre críticas absurdas que as pessoas fazem aos famosos por ganhar muito, fazer um comercial com um produto diferente, tirar fotos com algumas pessoas e não ter nenhum negro ou gay na foto, críticas por uma pessoa comer carne, entre outras coisas. Mas são críticas tão ridículas, parece que as pessoas são obrigadas a seguir um manual e não pode ter vontade própria. Só que ninguém entende que tem um lado B dessa história, afinal parece ser uma pessoa chata que só sabe criticar, mas não consegue entender o que acontece de verdade. Então vamos tentar explicar para essa geração chatice que existe uma coisa chamada “escolha”, sendo que todo mundo tem esse direito de escolher o que quer fazer da própria vida e ninguém tem que engolir ou fazer suas vontades.  
Muitas pessoas não entende que existe uma grande diferença entre preconceito e escolhas, vou dar um exemplo: não é porque eu não tenha nenhum amigo gay, que eu seja homofóbica, mas não tive nenhuma afinidade com um gay ao ponto de chamar de amigo. O preconceito é quando você critica e falta com respeito pessoas que não é do jeito que você julga certo, existe diferença entre respeitar e ter afinidades em comum ao ponto de se tornar amigos. Não tem que existir cotas na vida da pessoas para ter que aceitar tudo, tem que existir uma coisa chamada respeito, cada um tem que respeitar o espaço e as escolhas do outro.
Ninguém é obrigado a engolir o que todo mundo quer, como também uma pessoa não tem que deixar de fazer o que gosta só para agradar os outros, todos temos a liberdade de fazer o que bem entender com própria vida e quando suas escolhas interferir de forma direta na vida de outras pessoas, vai ter suas consequências. Não adianta ficar ditando regras de como todo mundo deve agir, comer ou pensar, temos que começar a compreender que cada pessoa é diferente e cada um tem direito de escolher o que vai fazer da própria vida, ninguém tem a obrigação de viver de acordo com o que os outros querem.

Para resumir tudo o que falei até agora, essa geração tem que entender que nem tudo é preto no branco e temos que ser mais tolerantes com algumas coisa. Pensa na seguinte situação: se você tivesse no lugar dessa pessoa que você está criticando e rotulando, como você se sentiria? Será que você tem que tornar tudo o que não está de acordo com a sua opinião em um grande problema? Será que a sua opinião é a única correta? Vamos parar com esse negócio de ser tão chato e politicamente correto com tudo e vamos começar a ser um pouco mais tolerantes em alguns assuntos. 

Você também pode gostar

0 comentários