Comportamento

Posso me divertir no carnaval, mas não vou transar com qualquer um.

21:07

Vocês costumam fazer o que no carnaval? Gosta de curti os blocos de carnaval e se fantasiar? Mas quantas vezes você foi participar de algum desses blocos e apareceu um cara “bêbado” e começou a insistir, mesmo você dizendo não? E qual foi a desculpa que os amigos dele usaram para justificar essa atitude horrível?

Como vocês sabem eu não gosto de carnaval, na verdade eu prefiro ficar em casa assistindo series e filmes no carnaval, do que participar dessa festa. Mas sempre tem uma coisa que acontece muito no carnaval: homens achando que só pelo motivo de você está participando de algum bloco, existe aquele negócio de ninguém é de ninguém ao ponto de achar que qualquer mulher que está participando, ela quer transar com qualquer um ou usam a justificativa de “estar bêbado” para ficar avançando o sinal mesmo que a mulher diga NÃO.

Acho tão cansativo todo ano ter os mesmo problemas nessa época do ano, parece que as coisas nunca mudam e todo mundo esquece, até chegar o carnaval novamente e ter as mesmas coisas: homens que não respeitam as mulheres e acham que é só ir chegando e agarrando, pessoas com mão leve (aproveita a muvuca para roubar), pessoas porcas que não sabem respeitar a cidade ao ponto de parecer cachorros quando fica marcando território. Mas quero dar preferência a parte de ficar agarrando as mulheres sem ao menos perguntar se ela está querendo ficar com cara sim ou não, parece que não aprendem o básico: não é porque estou participando de um bloco de carnaval, que automaticamente viro domínio público que qualquer um pode agarrar e beijar. O corpo da mulher não é domínio público, é só aparecer e agarrar que está todo ok, se a mulher não te deu liberdade para agarra-la, então respeite e vai procurar alguém que quer você.

Não posso esquecer de um detalhe muito importante, não é porque você esta bêbado que automaticamente todo mundo vai deixar você fazer o que quiser, pois está completamente errado. A desculpa de estar bêbado não é mais aceitável, afinal ficar bêbado é uma coisa de sentir vergonha, se você não sabe seu próprio limite para bebida, então por favor nem comece. E outra coisa é que não porque você só sabe se divertir bebendo, que os outros vão ser obrigados a te aturar e deixar de se divertir pra ficar de babá do bonitinho. Cada um tem que saber o seu limite, se você bebeu demais e viu que não está bem, por favor, chame um táxi e volte para casa ou vai para um posto de saúde sozinho, pois ninguém tem eu deixar de se divertir para ficar cuidando de gente que não sabe o próprio limite.

Para finalizar, pessoas entendam o conceito básico de diversão: para se divertir não é necessário você desrespeitar os outros ou o espaço público, afinal seus pais te deram o mínimo de educação quando eram crianças, então utilize. E se a mulher falar “eu não quero”, “eu não estou a fim de você” ou simplesmente se esquivar, entenda que isso não é um sinal para insistir mais, simplesmente seja uma boa pessoa e vai para outro lugar. Mas não posso esquecer, vai ter gente transando mesmo sendo um consenso dos dois, lembra que ninguém é obrigado a ver os outros transando no meio da rua, então esse tipo de coisa não se faz em local público, se quer transar vai para um motel e por favor use camisinha.


Se divirta bastante nesse carnaval do seu jeito, e se for para a rua, lembra de não esquecer os bons modos em casa e respeitar próximo. 

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários