Cinemix

Turbo

21:43

Hello everyone,

Eu sei que vocês estão surpresos pela a escolha do filme dessa semana, mas até eu fiquei receoso em escrever sobre ele. A Eli (Elidia Souza) queria me bater pelo fato de querer escrever sobre ele, ela disse “esse filme é muito infantil e blá blá bla”, de certo modo ela está certa. Mas quero falar também sobre filmes que tiramos um ensinamento, valores, lições de moral, caráter, vida e motivação.


Sim, isso mesmo, motivação. Mesmo que seja um filme de animação podemos tirar grandes ensinamentos deles. Afinal nos dias de hoje todos querem tirar a nossa capacidade de sonhar, principalmente perseguir os nossos sonhos, aquilo lá no fundo que queremos fazer e realizar. Já passou por isso? Quem não passou, né?

O filme Turbo é muito bom para ilustrar isso, vou falar pouco, não quero dar muito spoiler, apesar de não ser um filme recente e a maioria com certeza já deve ter visto. I filme conta a história de um caracol que sonha correr (risos), sim um caracol (uma lesma lentinha por natureza), mas como pode uma lesminha correr? Só que não é correr com outros caracóis não, mas sim correr com outros carros de corrida estilo Formula 1, os amigos e família riam sempre que ele contava que queria ser um corredor, o mais engraçado é que nem existia uma modalidade ou precedente de um caracol disputando corrida com carros ou outros caracóis.

Mesmo com todas as dificuldades ele não desiste do sonho impossível, ou melhor, quase impossível, até ele encontrar alguém que acredita nele ao invés de deixá-lo para baixo igual a todos, esse baixinho invertebrado está disposto a ir até o fim para ganhar. Com essa determinação ele  vai descobrir que até mesmos nossos heróis podem virar os nossos piores inimigos. Dito isso, deixo a porta da curiosidade aberta para vocês verem com seus próprios olhos o desfecho dessa história. Quem sabe esse filme seja o empurram que falta para você não desistir dos seus sonhos mais impossíveis.


Abraço a todos, um ótimo fim de semana e até a próxima sexta-feira com mais algum filme.



                                                                       Texto escrito por: Wemerson F. Sarmento.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários