Comportamento

A verdadeira Auto Aceitação

15:59


Sei que muito se fala em auto aceitação e como devemos amar cada coisa do nosso corpo, mas vamos ser realista. Esse amar o nosso corpo diz em ficar cego para os defeitos dele ao ponto de deixa de se cuidar ou aceitar que os nosso corpo tem defeito, só que mesmo assim se cuidar e parar de brigar com a natureza? O que seria aceitar o seu corpo de verdade e o que seria a mais pura mentira?

Não é de hoje que falo aqui de amor próprio e não viver em guerra com seu próprio corpo ao ponto de qualquer imperfeição virar motivo de fazer procedimentos extremos. Sendo sincera existe pessoas que usam esse fato de auto aceitação de uma forma completamente errada, fazendo com que perca a auto estima ou forçando se aceitar do jeito que é, mas na verdade é uma verdadeira mentira, pois faria qualquer coisa para ter um corpo perfeito sendo que a auto aceitação é só uma coisa de fachada mesmo. Eu sempre falei que deveríamos aceitar quem somos e não ver alguma imperfeição como algo tão extremo, afinal até aquelas modelos de lingerie da Victoria Secrets tem seus truques como maquiagem e retoque nas fotos. Não existe corpo perfeito sem nenhuma imperfeição, a diferença de se aceitar e querer melhorar algumas coisas entre fingir que está feliz com o próprio corpo, mas está querendo mudar todo o corpo fazendo milhares de cirurgias.

A verdade que não tem nada de errado ter algumas imperfeiçoes e se incomodar um pouco, eu mesmo tenho problema com a minha bunda (não é pelo tamanho, mas as manchas), só que existe a diferença de ficar se torturando com os defeitos do seu corpo e fazendo milhares de cirurgias e aceitar o seu corpo ao ponto de entender que ele não é perfeito e tem muita muitas qualidades. O grande X da questão é o fato de sermos todos os dias convencidas que o nosso corpo não está bom o suficiente e quando vem alguém falando de auto aceitação, a pessoa é magra e não tem nenhuma gordurinha extra e fica forçando para conseguir mostrar que é imperfeita e ter a empatia do público que na minha humilde opinião um assunto tão sério acaba se tornando uma piada.

Existe gente fazendo disso um comercio para conseguir se promover em cima desse tema, como hoje em dia o público está mais querendo alguém que seja parecido com eles e menos bonequinhos (parecendo Barbie e Ken de tão perfeitos). Fica aquele negócio de se auto criticar e procurando defeitos que não existe para ter a empatia do público, mas na verdade é só um jeito de tentar se valorizar em cima dos outros. Então para que falar e levantar a bandeira da auto aceitação, sendo que está fazendo algo forçado e o público percebe isso?

Como disse no começo não tem nada de errado em ter imperfeições, mas também não devemos ser falsos procurar algum defeito para que os outros que tem esses defeitos se sentirem um verdadeiro lixo. Você está insatisfeita com alguma coisa e quer melhorar, não tem nada errado, agora não tente virar outra pessoa. Entenda que cada corpo tem seu metabolismo e sua estrutura sendo diferente dos outros, fazendo com que você tenha as suas particularidades, mas não tente ser alguém que não tem nada a ver com você e percebendo que quando você força isso só prejudica o próprio corpo.

Para finalizar, acho que vou dar o mesmo recado que dei quando falei da última vez que falei sobre esse assunto, não fique no espelho procurando os defeitos, pois isso todo mundo tem. Aceite o seu corpo do jeito que ele é, procure qualidades na frente do espelho e se precisar ficar algumas horas admirando suas qualidades não tenha vergonha disso, mas nunca deixe de se cuidar e ter sua própria vaidade. Entenda que vaidade não é uma coisa ruim, desde que a vaidade não faça você ficar só olhando para o seu próprio umbigo 24 horas por dia e 360 dias por ano. Afinal se você não se amar e aceitar do jeitinho que é, quem vai fazer isso por você? E entenda que nem todo mundo que levanta a bandeira da auto aceitação, pensa isso de verdade sobre esse assunto, pois quem se aceita de verdade sabe os seus defeitos e qualidades do seu corpo, sabendo que pode melhorar em algumas coisas e fazendo isso de um jeito que respeite o máximo a sua saúde e eu corpo. Resumindo respeitando os seus próprios limites.

Você também pode gostar

0 comentários