Assuntos Polemicos

Será que estamos retrocedendo?

16:12


Quantas vezes escutamos palavras, frases preconceituosas ou de uma forma cega, usada de uma maneira totalmente extremista? Mas qual a sua reação quando as pessoas que falam isso são da nossa geração que se diz ser “geração consciente”?

Fiquei pensando muito para falar desse assunto, pelo simples fato de estar em época de eleição que tem os de extrema direita e o de extrema esquerda. Quero deixar bem claro que esse texto não é nem para um lado e nem para o outro, esta mais para algo que vai te fazer refletir sobre algumas coisas e se questionar se ao invés de ir para frente e tentar viver numa sociedade mais justa, estamos pegando o caminho completamente ao contrario e tentar fazer as outras pessoas engolir a nossa opinião do que é certo e errado, mas não queremos escutar a opinião dos outros ou o que é melhor para todos, simplesmente só sabemos falar ou agir como um papagaio de pirata.

Uma coisa que incomoda muitas pessoas é esse discurso de ódio que tentam impor mostrando que só um lado é certo, mas não se tem o trabalho de buscar a informações concreta a e analisar por si próprio o que é realmente certo e o que é totalmente errado. A maioria das pessoas parece que não entendem que vivemos em uma sociedade que tem necessidades e vontades diferentes, mas para que todas funcionem tem que ter uma coisinha chamada respeito. Você não precisa aceitar totalmente a opinião de todo mundo e esquecer a sua, mas tem que aprender a escutar e respeitar o próximo, tentar entrar em um senso comum.

Será que devemos voltar para a pré-escola e aprender que o mundo não gira em torno do nosso umbigo, que não somos deuses para que todos façam as nossas vontades? Lembra daquela frase que a sua mãe dizia quando você queria que os seus colegas fizessem as suas vontades “nem todo mundo pensa como você, cada um tem sua própria vontade e tem que respeitar isso”. Agora que crescemos parece que estamos dando alguns passos para trás com alguns discursos de ódio e não queremos respeitar ninguém, todos têm que engolir nossas regras sem nem questionar, só que quando é ao contrario começamos a nos sentir ofendidos. Só tenho uma pergunta, você lembra que todos têm o livre arbítrio, né?

Entenda que ninguém é melhor que ninguém, temos a obrigação de entender que vivemos em uma sociedade com muitas particularidades e muitas necessidades diferentes, talvez o que você ache que é certo para a sua vida, não é o certo para a outra pessoa. Já falei diversas vezes aqui no blog que não existe isso de um ser melhor que o outro, ao ponto de impor suas vontades acima das vontades dos outros, principalmente julgando que elas têm mais valor do que das outras pessoas. Esta na hora de acordamos e parar de agir como crianças mimadas que só olham para o próprio umbigo, começar a pensar nos outros, afinal não é porque você quer tanto uma coisa que os outros vão querer também, não adianta olhar para o seu grupinho de amigos que pensam igual a você, achando que todo mundo pensa dessa mesma forma e tem as mesmas prioridades que você e seus amiguinhos.

Lembra daquela frase que sempre digo aqui “temos a liberdade de fazer o que queremos da nossa própria vida, desde que não prejudique a vida de terceiros”. Então coloca a mão na consciência e vamos começar ser essa geração consciente, tendo atitudes que vai finalmente fazer a sociedade andar para frente com pensamentos e ideias positivas e não com discurso de ódio.  

Você também pode gostar

0 comentários