Cinemix

Atypical

21:33


Bom dia, boa tarde ou boa noite pessoal, dependendo do horário que você estiver vendo esse texto. Hoje vou falar sobre uma série atípica, normalmente eu costumo falar de séries, filmes e animes que já terminei de assistir. Mas hoje vou falar de uma série que estou assistindo ainda.

Estou falando da série Atypical, essa série é original da Netflix, e trata da vida familiar e social do Sam (Keir Gilchrist) um rapaz de 18 anos diagnosticado com a Síndrome do Espectro Autista.

Isso mesmo, ele é altista. A série em vários momentos é narrada pelo Sam, ele frequentemente visita uma terapeuta chamada Julia (Amy Okuda), na minha visão é uma das personagens mais relevantes na série, pois apesar de ser terapeuta tem alguns ataques de paranoias, além disso os conselhos que ela dá para o Sam, ao mesmo tempo que ajuda também atrapalha, por causa da interpretação literal de tudo e dificuldades de entender entrelinhas, ironia e nuances.  Sem falar que o Sam acaba tendo um sentimento diferente por ela no decorrer da história.


Casey (Brigette Lundy-Paine) é a irmã do Sam, ela não se dá bem com a sua mãe, a ligação dela é mais com o pai. A super proteção dela com o irmão é muito forte e o senso de justiça também, pois ela nocauteou uma garota no colégio para proteger outra menina de bullying. Mas por causa desse incidente, ela acaba conhecendo o irmão da menina que estava defendendo. O Evan(Graham Rogers) que parecia ser apenas um personagem quase irrelevante na história, mas depois se mostrou importante em vários aspectos.

Não posso me esquecer dos pais, A mãe Elsa (Jennifer Jason Leigh), é super protetora com o filho e da menos atenção a Casey, talvez seja por isso que ela é mais apegada com o pai, Doug(Michael Rapaport). Já o pai não sabe lhe dar muito bem com a situação de ter um filho altista. Na verdade essa incerteza é compartilha por muitos pais, acho que muitas pessoas podem aprender com essa série, principalmente quem é pai ou mãe de crianças com essa diferença. Voltando a série, o Doug é super tranquilo e amoroso, até descobrir algo que a sua mulher fez, mas não vou falar, vocês terram que assistir pra ver.


Não podemos esquecer de seu melhor ou devo dizer único amigo Zahid (Nik Dodani), ele é muito engraçado, e se diz ser o especialista em relacionamentos, vocês vão rir muito com ele. Colocaram ele pra quebrar um pouco as cenas pesadas, pois essa serie têm muito drama. Mas tudo na medida certa.


Quase me esqueci da Paige (Jenna Boyd), ela se torna nada mais nada menos que namorada do Sam (pelo menos por um tempo), em vários momentos vocês vão gostar dela, em outros odiá-la e no fim abraçá-la, mas a questão é, porquê? Eu não vou falar, já sabem né? "terá que assistir para saber".


Os personagens são muito bons, tem drama, humor e tensão. Tudo na medida certa, vão acontecendo coisas que você não espera, porem com um bom contexto. Você tira muito aprendizado de como saber lidar com pessoas altistas. Devo confessar que fiquei meio cético quanto a série, tive aquele preconceito, mas agora não paro de assistir um episódio após o outro. Gosto muito de escrever para vocês, mas vou ficar por aqui pessoal.  Abraços a todos e até o próximo Cinemix.


                                                                        Texto escrito por: Wemerson F. Sarmento

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários