Cinemix

Daredevil

22:00



Quem disse que um herói não pode ser religioso, sagrar e ficar perto da morte várias vezes. Querem mais uma dica, tá bom, ele é deficiente visual, descobriram né, ah, não?

Ok, vou falar então é Daredevil, aqui no Brasil traduziram como Demolidor que não têm nada a ver com o nome dele, a definição correta do nome Daredevil, segundo o dicionário Oxford, é: A person who enjoys doing dangerous things, in a way that other people may think is stupid. Ou seja:  Uma pessoa que gosta/se diverte em fazer coisas perigosas, do jeito que outras pessoas podem pensar que é idiotice faze-las.

A série original da Netflix atualmente têm 3 temporadas, na primeira temporada é mostrado o desenvolvimento do personagem com o tempo atual do personagem sendo um advogado de dia e vigilante a noite, com flashbacks explicando como e quando ele ganhou as suas habilidades peculiares.

O Mat Murdock ( Deredevil ) interpretado por Charlie Cox não é tão ambicioso, digo isso porque enquanto a maioria dos heróis querem salvar o mundo, ele já se empenha em ajudar o seu bairro do poderoso Wilson Fisk, sendo o homem por trás de todas as coisas ruins que acontecem em Hell's Kitchen. Posteriormente o Deredevil descobre a existência do Sr. Fisk, que ganhará o codinome "Rei do Crime" (tradução brasileira) sendo o inimigo principal do Herói.



O Mat Murdock têm um código de conduta, que é de nunca matar ninguém, mesmo a pessoa sendo a pior de todas. Por ser religioso, ele têm um alto respeito pela condição humana, respeito à vida e acredita fielmente que qualquer pessoa pode mudar o seu proceder, e se arrepender do mal que fizeram.

 Existem variados momentos que vocês pensaram "já era", "ele vai morrer" e o famoso "e agora", têm muita adrenalina. A coisa começa a esquentar quando a pequena firma de advocacia Nelson's Murdock, que pertence ao Mat (Daredevil) e o Nelson (amigo, sócio e colega de trabalho) recebem um caso de uma jovem encontrada em seu apartamento coberta de sangue ao lado de um corpo com uma faca na mão, em pânico e chorando. Os advogados foram vê-la para entender a situação, o Nelson já queria sair fora desse caso, pois pra ele estava na cara que ela era culpada, não queria perder tempo e nem manchar o nome da firma com esse caso, já que eles a micro empresa deles estava apenas começando.


Porém o Mat usando as suas habilidades (eu não falei ainda das habilidades específicas dele, vou falar mais a diante, mas nesse momento ele usará um dos seus sentidos aguçados, sendo agora a audição) escutou sem ninguém perceber os batimentos cardíaco da Keren Page (a cliente deles), e percebeu que ela estava dizendo a verdade, e aceitou o caso. O Nelson não entendeu o motivo disso, pois ele não sabe das habilidades e nem da vida dupla do Mat.


Vão acontecer muitas coisas eletrizantes em consequência da aceitação desse caso. Essa parte que contei foi só pra vocês entenderem mais ou menos como é a série, esse pedaço é da primeira temporada ainda, têm muito mais coisas além disso.

O Murdock além de ter uma audição extremamente excelente, ele também têm um olfato muito aguçado, resumindo, ao ser atropelado quando criança, ele teve contato com produtos químicos que aumentou de uma forma impressionante os seus sentidos. Porém ao ganhar esses “dons" ele perdeu a visão.


Têm muita coisa pra falar sobre, mas fico por aqui, deixando-os com a curiosidade e a vontade de maratonar essa fantástica série, que aliás estou revendo pela terceira vez a série para melhorar o meu Listening (entendimento do inglês falado). Aqui vou dar uma dica rápida para todos vocês, muitas pessoas assistem series e filmes dublado em português, eu fazia isso também, mas hoje digo com toda a certeza que uma das melhores coisas que fiz foi parar de fazer isso. Com base nas minhas comparações concluí que a dublagem nunca fica boa, ela não combina com o personagem, ou a voz é muito grossa ou fina demais. Têm também os dubladores que não conseguem passar a informação completa do personagem, fica tudo meio subentendido ou com informação perdida.

                                                                        Texto escrito por : Wemerson F. Sarmento

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:

0 comentários